sábado, 17 de agosto de 2013

Estiagem causa prejuízo na produção de leite e preocupa produtores

A falta de chuva na região preocupa produtores rurais. Sem chover a vinte dias, o período de seca que seguirá até setembro,
já preocupa principalmente produtores de leite.
Segundo o presidente do Sindicato Rural de Campos, José do Amaral, a produção está caindo desde o mês de junho.
“Na minha propriedade, por exemplo, nós produzimos cerca de 200 litros de leite por dia no período normal, durante a seca a produção cai 30%”, disse José.
Ele explica que a alternativa encontrada pelos agricultores para que essa diminuição na produção não traga mais prejuízos, foi dar ao gado uma mistura de ponta de cana, mais conhecida como olhadura, com ureia, entre outros componentes.
Para tentar amenizar a seca, a Secretaria de Agricultura de Campos, está esperando a chegada de máquinas que estão em processo de licitação. Segundo o secretário Eduardo Crespo, estas máquinas ajudarão na limpeza de valas e bebedouros.
“Estamos com a expectativa de chegada de maquinários como a retroescavadeira para fazer a limpeza de valas e bebedouros, que precisam de manutenção, principalmente nesta época do ano, em que convivemos com a seca”, explica o secretário.
Já com relação aos produtores rurais, Eduardo disse que ainda não existe nenhum produtor em situação de calamidade. “Não estamos em uma situação tão crítica, como em 2012, até porque no mês de julho deste ano tivemos uma boa chuva, acredito que a situação poderá piorar um pouco em setembro, mas ainda não temos nenhuma situação grave”, finalizou Eduardo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário