sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Farol vai ganhar Centro de Referência da Assistência Social

O secretário da Família e Assistência Social, Geraldo Venâncio, anunciou nesta quarta-feira (21), em entrevista em emissora de rádio local, a criação de mais um Centro de Referência da Assistência Social (Cras), em Campos, ainda este ano. A secretaria também está firmando parcerias para disponibilizar cursos e capacitações que possibilitem a geração de renda para os usuários dos Cras.

- Identificamos a necessidade de implantação de um outro Cras na Baixada Campista, pois a região conta apenas com o de Goitacazes, que já atende a mais de 5 mil famílias e tem um território muito extenso. A prefeita Rosinha Garotinho apontou Farol de São Tomé como o local para o novo equipamento da Família e Assistência Social – disse Venâncio.
 
Ele acrescentou que a secretaria tem um imóvel em Farol, que estava cedido à Secretaria da Educação, Cultura e Esportes, mas que foi desocupado recentemente, quando a prefeita entregou a creche modelo à comunidade. “Assim, vamos utilizar esse imóvel para abrigar o novo Cras”, informou o secretário.

A Secretaria da Família e Assistência Social também está firmando parcerias para ampliar cursos a  serem disponibilizados pelos Cras, e capacitações pelo programa Inclusão Produtiva, que objetiva promover a qualificação dos usuários para a geração de emprego e renda e empreendedorismo.
 
- Nossa Diretoria de Proteção Social Básica informou que dentro de dois meses, teremos duas novas ações para usuários do Cras de Ururaí. Através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Sinar), teremos alfabetização de adultos, em Macaco. Moradores do Imbé terão cursos de doces em compota. Estamos preparando e diversificando as capacitações que possibilitem o aumento da renda dos nossos assistidos - disse Venâncio.

Descentralização da Assistência – Em 2009, Campos contava com quatro Centros de Referência da Assistência Social. O serviço foi descentralizado e no ano seguinte, foram criados mais quatro Cras. “Atualmente, são 12 unidades em funcionamento. Até o final do ano, teremos pelo menos, 13 Cras no município”, concluiu o secretário da Família e Assistência Social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário