segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Mandarim ganha adeptos em Campos e na região

Falar outro idioma, que não seja a Língua Portuguesa, pode fazer a diferença na hora de conseguir um bom emprego
no Brasil. Idioma oficial da China, o mandarim, junto do inglês e espanhol, é uma das línguas mais faladas do mundo. Em Campos já existem adeptos do principal dialeto chinês. De olho no mercado de trabalho, a maioria das pessoas aposta nas aulas de mandarim como um diferencial na carreira.

A professora chinesa Clare Huany, que trouxe o curso para Campos junto do marido, contou que muitas pessoas demonstram interesse em aprender o mandarim, mas algumas acabam desistindo por achar a língua estranha e de difícil aprendizado. "A procura é grande, só que muitos não voltam", ressaltou. 

Clare explicou que são dois anos de curso, com aula ministrada uma vez por semana. "Caso a pessoa queira, ela poderá fazer mais um ano de conversação", esclareceu a professora, destacando que o curso de mandarim conta hoje com 30 alunos não só de Campos, mas também dos municípios de Itaperuna, na Região Noroeste Fluminense, e Macaé.

Aprendizagem a partir dos 9 anos de idade

Na opinião da Clare, aprender mandarim realmente abre portas. "Tenho uma amiga chinesa que mora na cidade de Vitória, no Estado do Espírito Santo, e ganha R$ 9 mil por mês trabalhando em uma empresa de pedras, por falar mandarim e inglês fluentemente. Acho que é a língua do futuro", opinou.
A professora destaca que o Itamaraty, que tem sua sede em Brasília/DF, estaria oferecendo curso gratuito de mandarim diante da necessidade de pessoas que dominem o idioma. Clare mora há 11 anos no Brasil, sendo quatro em Campos, onde, segundo ela, fez grandes amigos.

Vera Ribeiro Gomes, 68 anos, cursa mandarim há dois anos por gostar de idiomas. "Já fiz curso de inglês e estudei um pouco de francês, espanhol e italiano", afirmou ela, destacando que seu sonho é conhecer a China. 

A estudante disse que o mais difícil do mandarim é aprender os ideogramas. Clare explicou que cada ideograma é uma sílaba, cada palavra (substantivo) pode ser formada por mais de um ideograma, ou seja, mais de uma sílaba. "Tem que estudar todos os dias", acrescentou Vera. A mensalidade custa R$ 188. O material, incluindo os livros, sai por R$ 105 por semestre. A partir dos 9 anos de idade, a pessoa já pode fazer a matrícula. 

fonte>http://www.odiariodecampos.com.br/mandarim-ganha-adeptos-em-campos-e-na-regiao-3234.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário