terça-feira, 10 de setembro de 2013

Degust Farol: workshop mostra a empresários como atender bem

Workshop Degust Farol, cujo objetivo é prepará-los para o I Festival de Petisco, que será realizado no fim deste mês no balneário.

Luiz Carlos Teixeira é um empresário carioca de 45 anos que há três meses fechou um restaurante especializado em peixes e camarão no bairro de Jacarepaguá, no Rio, para abrir um novo empreendimento na mesma linha no Farol de São Tomé, em Campos. Nesta segunda-feira (9), ele e outros empresários donos de hotéis, pousadas, bares, restaurantes e quiosques na praia campista participaram do Workshop Degust Farol, cujo objetivo é prepará-los para o I Festival de Petisco, que será realizado no fim deste mês no balneário. Uma realização da prefeitura, através da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, dentro do Projeto Farol de Todas as Estações. Funcionários dos estabelecimentos também estiveram presentes.

- Vim atrás do desenvolvimento que essa região experimentará a partir de agora. Não poderia deixar de participar de um Workshop desse nível, uma oportunidade de aprender a receber melhor e com muito mais qualidade o cliente e se preparar para a concorrência -, diz Luiz Carlos. 

A palestra “Na terra do petróleo a empresa tem que ter gás” foi ministrada pelo gestor de projetos e professor universitário de gestão empresarial, Paulo Clébio, que falou de qualidade no atendimento e gestão da empresa. “Temos que enxergar como aproveitar esses negócios que estão chegando. Se o cliente muda, a empresa tem que mudar também, e a mão de obra ser treinada”, alertou o palestrante a uma atenta plateia. 

O Workshop Degust Farol é organizado pela Secretaria Municipal de Trabalho e Renda e vai até a próxima quinta-feira (12), na Colônia de Férias da Terceira Idade, no Farol. Nesta terça-feira (10), serão duas palestras, Manipulação de Alimentos  e Toques e Temperos. Na quarta-feira (11), Cortes e Culinárias dos Frutos do Mar, Apresentação de Pratos e a Arte de Servir.

- Nossa proposta é permitir que os empresários percebam alternativas em seus negócios, assim como também os funcionários - , destacou a secretária de Trabalho e Renda, Joilza Rangel. Cozinheira em uma pousada, Maria dos Anjos, 57 anos, elogiou a iniciativa da prefeitura. “Para nós, que trabalhamos com o público, é fundamental uma oportunidade como essa. Aqui, eu pude descobrir que não basta somente a comida ser saborosa, mas é necessário que o prato esteja organizado”, observou ela.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário