sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Exposição mostra história de periódico abolicionista

Hoje, completa 126 anos que o Jornal Vinte Cinco de Março foi atacado em Campos. O periódico abolicionista está sendo exposto no Museu Histórico de Campos. Criado pelo jornalista Carlos Lacerda, a folha circulou entre 1884 a 1886 e tinha o objetivo de denunciar crimes, maus tratos e torturas aos escravos da região, o que causou revolta nos coronéis da época. 

O dia 24 de outubro de 1887 ficou conhecido como dia do “empastelamento”, considerado um dos maiores atentados à imprensa do Brasil. O acervo do médico e colecionador Wellington Paes foi cedido à Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, tendo em vista sua importância histórica para a cidade. 

De acordo com a gerente do Museu Histórico, Graziela Escocard, outras exposições temporárias de acontecimentos históricos da cidade estão previstas para o espaço. “Estamos recebendo doações de documentos importantes para o município. A prefeitura está preocupada com a preservação da memória da cidade, por isso, a contribuição da população é fundamental”. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário