sábado, 5 de outubro de 2013

Fifa: ranking do mês definirá cabeças do sorteio da Copa

O Brasil já está assegurado nesta condição por ser o país-sede da competição.

Zurique - A Fifa anunciou nesta sexta-feira, após reunião de seu Comitê Executivo, em Zurique, que sete cabeças de chave do sorteio da Copa do Mundo de 2014 serão definidos por meio do ranking deste mês da entidade. O oitavo cabeça de chave será o Brasil, já assegurado nesta condição por ser o país-sede da competição.

Ou seja, os sete mais bem colocados (que estiverem classificados para o Mundial) da listagem da Fifa no dia 17 de outubro, para quando está prevista a nova atualização do ranking, além do Brasil, serão os cabeças do sorteio marcado para acontecer no próximo dia 6 de dezembro, na Costa do Sauipe, na Bahia.

Se fosse levado em conta o ranking da Fifa de setembro, Colômbia e Bélgica, países que hoje não fazem parte do primeiro escalação do futebol mundial, seriam cabeças de chave no sorteio que definirá os oito grupos da Copa de 2014.

Colombianos e belgas, que não estiveram no Mundial de 2010, na África do Sul, ocupam respectivamente hoje a quinta e a sexta posições do ranking da Fifa, logo à frente do Uruguai, o sétimo colocado. E o Brasil vem justamente atrás dos uruguaios, na oitava posição. Espanha, Argentina, Alemanha e Itália, nesta ordem, figuram nas quatro primeiras colocações da listagem da entidade.

A Fifa preferiu não usar o ranking de novembro como referência para definir os cabeças de chave do sorteio do Mundial de 2014 pelo fato de que assim beneficiaria as seleções que disputarão, no mesmo mês, a repescagem das Eliminatórias da Copa e somarão pontos para a listagem neste período.

A Fifa também esclareceu que os outros potes do sorteio da Copa serão determinados por meio de "critérios geográficos e esportivos". Desta forma, a entidade desta vez resolveu dar maior peso ao seu ranking, ao invés de valorizar o desempenho das seleções em outras edições dos Mundiais, como fez em ocasiões anteriores para definir os cabeças de chave dos grupos.

Entretanto, é bom lembrar que, entre as oito seleções que figuram nas oito primeiras posições do ranking da Fifa atualmente, apenas Brasil (país-sede), Argentina e Itália já asseguraram classificação para a Copa. Ou seja, existe a possibilidade de seleções que figuram atrás do Top 8 herdarem a condição de cabeças de chave. O Uruguai, por exemplo, figura hoje na quinta posição das Eliminatórias Sul-Americanas, posto que lhe garante apenas uma vaga na repescagem por uma vaga no Mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário