sábado, 29 de março de 2014

Centro de Eventos Populares completa dois anos

Há dois anos, a Prefeitura de Campos inaugurava o maior espaço cultural do interior do Brasil. O Centro de Eventos Populares Osório Peixoto completou nesta sexta-feira (28), mais um ano de existência, junto com os 179 anos de Campos. O espaço, voltado para a realização de grandes eventos culturais, conta com o maior palco fixo público da América Latina.

 - É um marco para nossa cidade. Quando assumimos o governo, tinha uma insatisfação muito grande por parte dos lojistas, porque o carnaval era desorganizado e não tinha estrutura necessária, atrapalhando a movimentação no Centro. Era um apelo muito grande. Então, pensamos outras possibilidades, trouxemos o carnaval para a Avenida Alberto Lamego e construímos um local definitivo, que não é para servir somente para essa festa, mas para grandes eventos culturais. A nossa última Bienal teve mais vendas que a anterior, na Praça São Salvador, e comemoramos, no Cepop, mais um aniversário da cidade – disse a prefeita Rosinha Garotinho durante solenidade nesta sexta-feira (28).

O espaço possui uma megaestrutura dotada de acessibilidade, com estacionamento para 520 veículos, banheiros, arquibancadas para 15 mil pessoas sentadas e camarotes. Para os shows, a capacidade é de 40 mil pessoas. O Cepop conta com Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), subestação de energia elétrica e um castelo d’água, além de posto médico. No ano passado, o local recebeu o Festival de Cultura Urbana, a Rancheirada da Coesa, o Arraial do Cepop e o desfile dos bois pintadinhos, dentro da Semana do Folclore, além das comemorações pelo aniversário da cidade e da Independência do Brasil. 

O Cepop vai receber entre os dias 25 e 27 de abril, o Campos Folia 2014, o carnaval fora de época da cidade. O evento vai homenagear o radialista Wallace Oliveira e o carnavalesco Rubinho Chebabe. De 16 a 25 de Maio, a 8ª Bienal do Livro, maior feira literária do interior do Estado, vai comemorar, no Cepop, o centenário do escritor campista José Cândido de Carvalho, atraindo grandes nomes da literatura nacional. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário